sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Razão sem paixão (o clip)

Há tempos, Luiz Theodoro, o Lula, a quem chamo carinhosamente de "meu maestro soberano", vinha reclamando a minha presença em seu estúdio. É que ele não se contenta em me pedir que produza letras para as músicas que ele compõe. Quer porque quer que eu as grave, também.

Pra mim, é uma delícia. Uma brincadeira. Uma fuga da vida espremida entre os inúmeros desafios diários, que a profissão de jornalista, de consultor, de planejador de comunicação, me impõe. Nem sempre eu consigo o tempo que gostaria de ter para brincar de cantor no estúdio do Lula. Mas, de vez em quando, acontece.

No feriado de sete de setembro foi assim. Roubei a tarde e um pedaço da noite para gravar as músicas que já estavam prontas e ainda não tinham a minha voz. Foram três, de uma só vez. É uma brincadeira despretensiosa, mas o Lula insiste em dizer que ainda completaremos um cd. Já são sete as canções que compusemos juntos - ele, músicas; eu, letras.

A canção que motivou este texto, nem foi uma encomenda. Foi, em verdade, fruto das visitas do Lula ao blog. De vez em quando, ele passa aqui neste lugar onde divido com o mundo coisas que gosto. E, de vez em quando, encontra poesias que eu publico. Visitando o blog, ele gostou muito de uma poesia que eu chamei originalmente de "Agulha e linha" e que você pode ler  clicando aqui. Lula achou que ela trazia uma música embutida. Sem me avisar, compôs a música e encaixou a letra. 

Depois de um bom tempo, instigado por ele, criei coragem, fui pro estúdio e gravei a parte que me cabia. No começo desta semana, ele me mandou o arquivo da música editada e finalizada, já com a minha voz e a dele, juntas. Razão sem Paixão. Com acabamento fino. Com o cuidado e o carinho que ele dedica às suas própria composições. E eu, que não sou nada, me ouvi acreditando por alguns momentos ser um cantor de verdade. Mérito do meu maestro e dos equipamentos fantásticos que ele tem no estúdio.

A emoção  de ouvir o trabalho pronto e acabado foi tão grande que eu não resisti e me aventurei a editar um clipezinho caseiro, só para completar a brincadeira e garantir um mínimo de supresa ao Lula.

É isso o que eu divido hoje, com vocês. Pra fechar a sexta. Na edição das imagens, recorri a algumas fotos da internet e outras, do dia do aniversário dele, em que eu também me aventurei a subir ao palco e cantar umas poucas canções. Como eu disse, é uma brincadeira, nada mais. Mas foi feita com muito carinho. E eu espero que vocês gostem.

Quando se tornou música, "Agulha e Linha" se transformou em "Razão sem Paixão".

9 comentários:

  1. Que lindo, Maranhão. Vale a pena, sim, gravar um cd. Eu compro! Enquanto ele não vem, obrigada por este entardecer.

    ResponderExcluir
  2. Não pude conter minha emoção ao ouvir esta melodia. Vocês conseguiram tocar em cheio a alma de quem ouve.Este trabalho é o casamento perfeito da maturidade com a simplicidade de coração do cantor e do compositor. Quem desfrutar, ficará, com certeza em estado de contemplação.
    Extraordinário!!!!!

    Parabéns e obrigada pelo presente...

    ResponderExcluir
  3. Menino, senão é o próprio Chico Buarque cantando...investe meu querido nessa carreira que o sucesso vem.
    Beijo, beijo

    ResponderExcluir
  4. Lula, meu maestro, me mandou uma mensagem, que eu faço questão de agradecer e dividir com todos vocês:

    MEU COMANDANTE
    ESSAS HORAS QUE PASSAMOS NO ESTÚDIO SÃO SAGRADAS. COMO SAGRADOS TAMBÉM SÃO TODOS OS ENCONTROS ABENÇOADOS POR DEUS.

    E NISSO INCLUO NOSSOS MOMENTOS CRIATIVOS, NAS POUCAS HORAS QUE NOS RESTAM, APÓS 10, 11, 12 HORAS DE OUTROS TRABALHOS PARALELOS A CADA DIA.

    FICO FELIZ EM TÊ-LO COMO PARCEIRO.
    E, HOJE, MAIS FELIZ AINDA PELOS COMENTÁRIOS TÃO GENEROSOS COM RESPEITO À SUA "AGULHA E LINHA", QUE SE TORNOU A NOSSA "RAZÃO SEM PAIXÃO".
    NO MAIS...
    CONTINUEMOS ASSIM...
    EU GOSTANDO DE VOCÊ...
    E VOCÊ GOSTANDO DE MIM!!!!!

    AQUELE ABRAÇO AMIGO E PARCEIRO

    LUIZ THEODORO

    ResponderExcluir
  5. Desde Buenos Aires, me escreve Pablo Rey. Gracias, Pablo!

    Hermosa poesía, música serena y voz sincera.
    Queremos escuchar más!
    Gran abrazo
    Pablo Rey

    ResponderExcluir
  6. obrigada por compartilhar.... ficou muito bom. Estarei a espera do cd quando ele terminar de ser concebido...

    ResponderExcluir
  7. Caro Maranhão,

    parabéns por mais esta parceria com nosso grande e querido amigo Luiz.
    Grande abraço,

    Caruncho - Santos - SP

    ResponderExcluir