segunda-feira, 24 de junho de 2013

Meio Beatles, meio Manuel

Segunda. Véspera de terça. A manhã vai crescendo entre carros e passarinhos desavisados. Desço a serra em direção ao plano. A velocidade imóvel das placas, que ficam enquanto passo. A sinceridade por trás dos óculos. A curvatura do dia que vai desaguar por entre prédios e avenidas monumentais. Brasília se desvenda à minha frente, como um futuro incerto e belo. Como um rabo de vento à toa, feito pensamento vadio de infância.

Me vejo assim. Meio Beatles, meio Manoel de Barros. Day after day. Alone on the hill. 



2 comentários:

  1. Me vi descendo a serra com sua descrição. Boa semana, querido amigo!

    ResponderExcluir
  2. Ei, Mariana, feliz em te encontrar aqui. Seu filhote está cada dia mais lindo. Beijo. Boa semana.

    ResponderExcluir